Página principal
 
Ministério de Educação Cristã
 
ESCOLA BBLICA DOMINICAL
Espao destinado s Classes da EBD, com atividades, estudos bblicos e a opinio do professor
 
 Classe de Casais I  -  Professor Edzard Barbosa Gomes

Professor Edzar Barbosa Gomes Adultos - Classe Casais I

Comentrio do Professor

 

PROFETAS MENORES (I)

03/13: OSEIAS Consequncias do Pecado  Oseias 7-9

Escrevi-lhe as grandezas da minha Lei, porm elas so estimadas como coisa estranha (Os 8.12)

 

Ol Amado(a).

 

Todo estudo prtico acerca dos Profetas do Povo de DEUS tem de levar o aluno ao entendimento da relao entre o mesmo Povo e DEUS, poca do Profeta em estudo.

No caso do tempo do Profeta Oseias, no Reino do Norte, o Povo continuava contra as ordenanas de DEUS acerca do trato para com os deuses de outros povos. Importante lembrar esse fato, pois, a leitura do Livro pode nos levar a entender que a reao de DEUS contra Seu Povo se restringe s imagens dos bezerros colocados por Jeroboo, no incio da Diviso da Nao em Reino do Norte (Israel) e Reino do Sul (Jud). Diversos outros deuses pagos eram igualmente cultuados, poca, tanto pelo Reino do Norte quanto pelo Reino de Jud, visto que tambm, Oseias profetisa contra as cidades de Jud. A citao aos bezerros de Efraim e de Dan feita por serem substitutos do Nome de YHWH, e adorados como se YHWH fossem.

Como j afirmamos em comentrios anteriores, essa multiplicidade de deuses tratada pelo Profeta como prostituio, e, tido por pecado diante de YAHU. Em tempos da Lei, dada atravs de Moiss, o Povo desdenhara da Vontade de DEUS ali proclamada, como coisa estranha, ou sem valor, no dizer de Oseias. Este era o Pecado do Povo claramente denunciado pelo Profeta.

No primeiro Tpico da Lei dito: - No ters outros deuses diante de Mim (xodo 20.3);

No segundo Tpico se confirma: - No fars para ti imagem esculpida de nenhuma criatura que exista, nos Cus, na Terra, ou nas guas, debaixo da Terra. No te inclinars diante delas, nem lhes prestars culto. (xodo 20.4);

A quebra desses dois Mandamentos da Lei era, claramente, representada por dolos de pedra, de madeira ou metais e se constitua prostituio. Esta a forma como DEUS viu o pecado de Israel, por sua Idolatria e pelos cultos a Baal, representado por estatuetas denominadas Baalins. Tudo isso levava o Povo a no considerar as regras bsicas do cuidado e do relacionamento interpessoal, conforme toda Palavra da Lei. Diz Oseias: Praticam falsidade; o ladro entra e a horda dos salteadores roubam por fora, mas no consideram no seu corao que eu me lembro de toda a sua maldade (7.1-2). Eles voltam, mas no para o Altssimo. So como um arco enganador (16).

o total descaso para com a Palavra de DEUS, YAHU  O nico, tal como ocorre na Civilizao Ocidental em nossos dias. Tendo o Conhecimento de DEUS, desdenha-se de Sua Vontade.

O castigo ento anunciado e consequente. A Soberania de DEUS assim determinou e assim prevalecer. Desde o incio o Seu Poder foi proclamado em toda a Terra, exatamente por este Povo a quem DEUS constitura a funo Sacerdotal. Assim diz DEUSpor Seu Profeta: Pe a trombeta tua boca. Ele vem como a guia contra a casa de YHWH, porque transgrediram a minha Aliana, e se rebelaram contra a minha Lei. A mim clamam: DEUS meu, ns, Israel, te conhecemos. (...). Eles semeiam ventos e colhem tempestades. (...). No te alegres, Israel, at saltar, como os outros povos. Porque te foste do teu DEUS como uma meretriz; amaste a paga da meretriz sobre todas as eiras de trigo (at 9.1).

            No adianta. Conhecemos, sim, a Palavra de DEUS pela boca de seus Profetas. Conhecemos, igualmente, a Fidelidade de DEUS  Sua Palavra e s Suas Promessas. Nosso FIM ou nossa SALVAO, certo. Mas, assim conclama DEUS pela boca de seu Profeta: Vinde, e tornemos para YAHU, porque ele despedaou, e nos sarar; feriu, e nos atar a ferida. Depois de dois dias nos dar a vida; ao terceiro dia nos ressuscitar, e viveremos diante dele. Porque a misericrdia quero, e no sacrifcios; quero o conhecimento de DEUS, mais do que os holocaustos (Os 6:1-3,6).

Ainda tempo de anunciar s pessoas de nossos relacionamentos a Salvao das Consequncias preditas para o Pecado. Salvao por Cristo, o Filho do DEUS Vivo de Israel! Halelu YAH!

Em Cristo,

Zaz (Halelu YAH! Significa Louvemos YAH onde YAH uma forma abreviada e respeitosa para o Nome de DEUS YAHU).

Lições do trimestre atual
(Clique no ttulo da lio para fazer download do arquivo desejado. Os comentrios das lies da EBD aqui publicados foram elaboradas pelo Professor Edzard Gomes, da Classe de Casais I da EBD - Igreja Batista da Capunga)

2017 - 4 TRIMESTRE: PROFETAS MENORES

2017-10-01 | 01/13: OSEIAS Uma difcil chamada
2017-10-08 | 02/13: OSEIAS Uma contenda com DEUS
2017-10-15 | 03/13: OSEIAS Consequncias do pecado

Lições dos trimestres anteriores

2014 - 1 TRIMESTRE: "XODO"
2014 - 2 TRIMESTRE: "MARCOS"
2014 - 3 TRIMESTRE: "ESPIRITO SANTO: MISSO E AO"

2014 - 4 TRIMESTRE: "EPISTOLAS PAULINAS"
2015 - 1 TRIMESTRE: "O PENTATEUCO"

2015 - 2 TRIMESTRE: "O EVANGELHO DE LUCAS"

2015 - 3 TRIMESTRE: "DOUTRINAS B͍BLICAS"
2015 - 4 TRIMESTRE: "RESTAURAO E ESPERANA"
2016 - 1 TRIMESTRE: "JOSU, JUIZES E RUTE"
2016 - 2 TRIMESTRE: "O EVANGELHO DE JOO"
2016 - 3 TRIMESTRE: "A IGREJA DE JESUS CRISTO"
2016 - 4 TRIMESTRE: "A CARTA AOS HEBREUS"
2017 - 1 TRIMESTRE: "O MESSIAS ANUNCIADO"

2017 - 2 TRIMESTRE: "O CRISTIANISMO PIONEIRO"

Os arquivos esto agrupados por trimestre e compactados.

Revisões e testes das lições

Alfabeto Hebraico
Reviso - Atos dos Apstolos

Reviso - Sermo do Monte
Reviso - Profetas Menores

Reviso - Livros da Restaurao

"Todo o contedo aqui divulgado de responsabilidade do(s) respectivo(s) autor(es)"



Retornar -  pagina da Educao Crist
 

Untitled Document

 

 

Em construção

 
       

Pastor: Ney Silva Ladeia
Pastor Emérito: José Almeida Guimarães
Pastor In memoriam: José Munguba Sobrinho

Rua Fernandes Vieira, 769 - Parque Amorim - Recife/PE CEP 50050-200 | Fone/Fax: (81) 3092-6578
Email: falecom@capunga.org.br